sábado, janeiro 20, 2007

Volta à Marateca

A pedido de várias famílias, aqui ficam algumas fotografias do dia de hoje.

Como combinado lá nos juntámos para a pedalada no Louriçal do Campo. Nos elementos do grupo de hoje estava eu, Sousa, Adriano, Cerezo, Simão Pedro, Miguel Gomes, David, Luís Afonso e o Figueira. Faltaram à chamada o Roger, o Mané (que por motivos profissionais à hora de estar no Louriçal ainda estava em Salamanca), o Óscar (talvez pelos copos de ontem à noite) e o Simão Pedro (o que conheci na terça-feira, que também não pode aparecer por motivos profissionais).





Paragem ao chegar à barragem

Desde o Louriçal do Campo até junto da albufeira da barragem fizemos cerca de 20 Kms à descoberta de caminhos, pois ninguém tinha pedalado por ali. Vários caminho que acabavam em quintas, outros que não tinham saída, outros que se desviavam do objectivo, enfim .....
Mas, todos estes caminhos estavam em muito bom estado e rolava-se sempre num bom ritmo. Digamos que para uma primeira volta nesta zona, deu conhecer bastantes caminhos que da próxima vez não vale a pena experimentar.

Cerca das 13:00, mesmo à beira da água parámos para um abastecimento mais rico, que deu para tudo.


O Adriano a guardar as burras.


O Sousa a meditar.


O David a pensar nos mármores para a casa nova.
(Quem é amigo, quem é?? Como andas um bocado robusto só tirei a foto da barriga para cima.)


O Figueira a pensar na queda que deu na descida.


O Simão a rir-se provavelmente de algum "dito" do Miguel.


O Miguel a tentar não ficar nervoso com o Simão.


Em resumo: a malta toda!

Retomando o caminho, deixámos a terra batida e apanhámos a estrada de alcatrão para nos levar ao paredão da barragem. Deveres conjugais levaram o David mais cedo para Castelo Branco, os mármores esperavam por ele ... e nós seguimos o nosso caminho.

Pelo caminho ainda fizemos uma investida em terra que acabou mesmo na água e nos fez andar sem caminho e saltar cercas de arame farpado. São daquelas coisas que não voltam a acontecer!! (Espero eu ....)



Sem caminho junto à barragem.

Chegados ao paredão da barragem o Miguel opta por fazer o regresso ao Louriçal pelo alcatrão e o resto foi à descoberta de mais caminhos para voltar ao Louriçal, mas de forma a dar a volta à barragem.

Cerezeo e eu.


Luís e eu.


A malta a apreciar a paisagem.


Adriano.


Miguel e Simão.


Serra da Gardunha, vista do paredão da marateca.
(Bonito, não!?!?)

Até foi fácil, não havia que enganar e rapidamente chegamos à estrada de terra onde já tínhamos passado e retomamos a direcção do Louriçal do Campo.

Como não era tarde eu e o Sousa em vez de ir para o Louriçal do Campo, seguimos ainda em direcção ao Casal da Serra. Já com 50 Kms nas pernas, esperava-nos a subida mais dura de todo o percurso.


Durante a subida.


Junto à fonte no Casal da Serra.


A deixar o Casal da Serra.

Chegados ao Casal da Serra, paragem na fonte para abastecer de água e recuperar o fôlego. Seguindo em direcção à casa do guarda contemplámos umas vistas espectaculares, sobre o Louriçal do Campo e barragem da marateca. A meio encontramos um parque de merendas, bastante original e com umas vistas de arregalar o olho.


Miradouro do parque de merendas.


Apreciando a paisagem I.


Apreciando a paisagem II.


Ao fundo a marateca.


Louriçal do Campo.

Ao entroncarmos com o caminho que vêm do Louriçal pelo Colégio de S. Fiel, descemos pelo caminho que fizemos a subir da ultima vez que tínhamos estado na Gardunha. Foi um final em beleza com uma descida acabada de arranjar, nem um rego no caminho. Quatro Kms assim, não é todos os dias e no final do dia tinhamos quase 65 Kms. Foi mais um bom passeio numa zona onde quero pedalar mais vezes.

Venha a próxima ...

4 comentários:

A corrida mais louca do mundo... disse...

Bem...se já estava lixado por não ter ido neste passeio, mais fiquei após ver estas fotos :(

Foi mesmo uma pena, mas por motivos vários não consegui acompanhar-vos nesta volta.
Vai ter de ficar para uma próxima!

Abraço.

Tiaguss disse...

És um ARTISTA! Que desculpa tens para não teres ido desta vez???
Yahh, a próxima ..... quero ver .....

Anónimo disse...

Pois é, a próxima já foi! Só houve 5 grandes resistentes. Eu, Pedro, Adriano, Mané e Cerezo! E tava um frio do catano! Agora, venha a próxima que deve ser já o próximo sábado 03-Fev.

Tiaguss disse...

A próxima por acaso para mim (porque mais ninguém quis vir), foi logo no sábado a seguir. ;)
Mas, é isso tudo menino Luís, continua com a pica toda a pedalar!!