domingo, outubro 22, 2006

II Passeio BTT - Trilhos da Raia

Bem, isto hoje foi demais ......

Antes de começar a descarregar palavreado quero dar os parabéns:
- a todos os BTTistas presentes neste evento, pois não era fácil largar o vale dos lençóis num dia tempestuoso como este;
- aqueles que apesar das condições se aventuraram no percurso de 65 Kms (com tanta chuva, era dose ....).
- às moças BTTistas presentes neste passeio que mostraram como realmente se pedala num dia de chuva torrencial;
- à organização que esteve 5 estrelas;

Vindos da Guarda, da minha malta do costume, só iam participar eu e o meu primo Mané.
O dia começou mal ...... tinha combinado passar em casa do Mané às 7:00 e como me deixei dormir acordei às 7:15 com ele a telefonar-me. Graças ao meu atraso saímos da Guarda à 7:50!
Saímos da Guarda debaixo de uma chuva torrencial com muito vento à mistura, tempo este que nos acompanhou até à chegada à Idanha-a-Nova.

Como já é da praxe estavam a dar a partida ainda nós tínhamos as bicicletas em cima do carro. O preparar à pressa, fez com que arranca-se sem comer nada de jeito e nem um nem outro vestiu o impermeável (tolinhos)!! No meio da confusão ainda encontrei o Manel, pessoal do CHCB , companheiro das futeboladas hospitalares.
Quando demos conta tínhamos os senhores do carro vassoura à espera que nós arrancasse-mos para eles se fazerem ao caminho também.

Decidimos que o mais certo seria abandonar a ida aos 65 Kms e ficássemos pelo percurso mais curto.
Digamos que com tanta chuva o percurso estava fora de serie, com 2 Kms percorridos já estávamos completamente ensopados, daí para a frente não havia poça de lama ou de água barrenta que não passasse-mos da mesma forma como de um caminho alcatroado tratasse.
É indescritível o estado dos trilhos, só mesmo avaliando pelas fotos! À semelhança da Maratona Internacional da Raia o mega fotografo de serviço (varadero do forumbtt.net) fartou-se de disparar sobre o pessoal.
Se uma imagem vale por mil palavras, então as 435 imagens valem por 43500 palavras (assim escuso de as escrever). Vejam http://nunomaia2006.fotopic.net/c1116636.html

Numa delas ca estou eu .....

E noutra o Mané .....

Foi muito fixe ver no meio de todas estas condições a alegria e o entusiasmo com que o pessoal se fazia ao lamaçal. Por vezes a andar a pé os as botas desapareciam na lama. Noutras a roda enterrava-se tanto que chegava a fazer efeito de ventosa e via-me a rasca para a tirar de novo.

Já depois do abastecimento e para fazer evaporar alguma água que estava colada ao corpo, dei uma acelaradela. Já que tinha ido para o percurso dos 20 Kms estava à vontade. Mais à frente juntei-me por uns Kms a um grupo de 3 companheiros de Castelo Branco, aqui fica o blog deles: http://castelo-branco-by-bike.blogspot.com/

As fotos seguintes são do blog referido em cima, tiradas pelo Roberto (um dos companheiros de Castelo Branco)! Um grande abraço e obrigado pelo registo fotográfico!
Sim, o caminho passa ali!

Eu completamente atascado a pedir um guincho!

O Roberto na estreia da sua nova maquina, no meio do caminho ou no meio da ribeira?

Eu de novo, a tentar fazer o resto ..... sem por o pé no chão!

Chegados a Idanha-a-Nova e depois do merecido banho de água quente no pavilhão municipal eis que chega a hora do almoço ...... porco no espeto! Não um, nem dois, mas sim TRÊS porcos no espeto com arroz de feijão. Quem gastou as reservas teve aqui uma boa oportunidade para as repôr. Tudo 5 estrelas!

No regresso para a Guarda parámos no Fundão para fazer o Luis Afonso pagar um café no Amnésia Bar. E de seguida ainda paramos na Covilhã para dar a conhecer ao Mané o meu palácio, visto que ainda não o conhecia.

2 comentários:

rarn disse...

Na próxima vez levamos um barco, à cautela :)

Um abraço

rarn

Ana Pascoal disse...

Foi um dia maluco, mas um dia para não esquecer.

Nota: Obrigada pela referência no inicio do blog à coragem das meninas...:)

Para o ano há mais!!!