domingo, agosto 08, 2010

Vamos ao Vale do Rossim

Sexta feira à noite a conversa entre amigos numa esplanada da Guarda era, amanhã sábado a volta tem de ser para o dia todo ou então a volta é para os dois dias e dormimos fora.

Com um empurrãozinho da Anabela que disse que nos dava o apoio logístico, decidimos que sábado faríamos Guarda-Vale do Rossim, dormíamos lá e regressávamos Domingo.


Assim, um dia tão bonito como este dia de sábado, dia 7 de Agosto, eu o Joca, o Ricardo e o João Luís alinhámos no plano e sábado perto das 8 da manhã fomos até Pêro Soares pelos lados do Golifar, Prado e Chãos.


Tintinolho ao longe

Descemos a calçada romana até à ponte da Mizarela e fomos na direcção da subida mais famosa aqui da zona.

Na calçada romana de Pêro Soares

Na calçada romana de Pêro Soares

Na calçada romana de Pêro Soares



Durante a subida o calor apertou tanto que não saíram as fotografias :)
Rumámos à Cabeça Alta e seguimos pela crista até à portela de Folgosinho.




Na mata dos Galhardos gozamos um bocadinho da sombra.




Cabeça do Faraó



Junto à Cabeça do Faraó




Na subida do S. Tiago encontramos a caminho da Santinha nada mais nada menos que o Zé de Folgosinho, que como não se voava em Linhares decidiu e bem, fazer uma caminhada para os lados da Santinha.


A foto da praxe junto ao marco

É mais forte que nós. Já há alguns anos que se deu inicio ao campeonato de quem consegue na Santinha meter uma pedra em cima do marco. Desta vez fomos embora sem que alguém conseguisse...

(Bem apanhado pelo Ricardo) Eu e o João a tentar cada um a sua sorte

Querias....

Por mim já chega por hoje :)

Continuámos a volta e seguimos até ao Malhão.

Chegada ao Malhão



Tivemos de fazer uma pausa forçada, junto à antiga casa dos Serviços Florestais, pois um cão pastor, teimava em não nos deixar em paz.



A "fomita" começava a apertar e claro que fomos ao sitio do costume comer uma sandes mista e beber qualquer coisa bem fresquinha.


Ainda houve quem tentasse cometer o sacrilégio de comer hamburguers e merendinhas trazidas na viagem, mas houve lucidez suficiente para não o fazer.


A minha não a nego nunca :)

Seguimos até ao Vale do Rossim e nas palhinhas deitados esperamos pela Anabela e pelo Pedro que traziam de carro as nossas tralhas.



O resto da tarde foi passado junto à agua por alguns e na agua por outros.


O Joca queixou-se que no bar demoravam muito tempo para o atender. Decidimos então fazer-lhe um upgrade e .... deu resultado. Chegou a passar à frente de muita gente.



Estacionamento à grande

Na esplanada

A Anabela e o Pedro no inicio do passeio




À noite depois de jantar demos um passeio à procura de pirilampos e abancamos um pouco na barragem ao som da guitarra do Pedrão.
Domingo saímos tão tarde (11:00) que a Lolita já não parava sossegada como dá para ver.




Subimos às Penhas Douradas e descemos a Manteigas pelo observatório e depois pela calçada.














Em Valhelhas paramos junto ao rio para abastecer e até ao alto de Famalicão da Serra foi sempre por alcatrão com o Ricardo a marcar o ritmo bem forte.



Na Guarda city, lá fomos nós à cereja :)


E na ultima paragem não apanhámos molha por pouco....



Um fim de semana à maneira.
No Vale do Rossim é que faltava gente :)

Fotos por mim e pelo Ricardo.

6 comentários:

João Luis disse...

XIIII!
Hoje tomo eu a inciativa de colocar o 1º comentário! Sem dúvida que para o grupo estar completo faltavam por ali duas ou tres caras que costumam ser habituais! Mas a actividade valeu pela vontade dos participantes e que bem merecida foi.Rainha...São Tiago...Santinha....só faltava a de Maçainhas. Estamos cada vez melhores...."fraquiiiiinhos" Ganda Joca!!!

Tiaguss disse...

Eu emendo. Não faltava gente no Vale do Rossim pois estávamos lá todinhos :)
Mas queremos sempre ter mais gente ;)
Abraços

Antonio Rebordao disse...

No outro dia na esplanada foi bom ver-vos aos três. Lebrem-se que são muito bem vindos a visitar-me em Ghent. Comecem a pensar nisso.

Abraços!

Tiaguss disse...

Grande TR, nunca se sabe. Hoje em dia é tudo muito perto :)
Abraço

Anónimo disse...

Grande aventura esta!! Fico com inveja pois esses locais são de enorme beleza e de grande dureza para as pernas. É bem verdade, vá para fora cá dentro!!! Tiago, quando houver uma maratona, em que a malta do clube vá, diz qualquer coisa... Abraços malta
Luis Granjo

Tiaguss disse...

Amigo Granjo, logo te avisamos da próxima. ;)
Abraço