sexta-feira, agosto 27, 2010

Torre X

Este dia a pedal era mesmo espairecer pela nossa linda serra e também para massacrar o corpo :)
A ideia era fazer isto, e fazer-lhe um acrescento. Tudo corria bem em termos de tempo e em termos de disposição para o fazer. 

Varanda dos Carqueijais

Vale das Víboras, visto da subida para as Penhas da Saúde

Na sombra da Leta

Se da ultima vez, por ter sido tudo por acaso e por ter saído tarde, era meio dia quando cheguei a Torre pela primeira vez, nesta volta ao meio dia já estava a dona Judite no Mondeguinho a perguntar se era o do costume. O costume é nada mais nada menos (para quem ainda não sabe), uma sandes mista "à moda da serra" e uma "Tóta-Tóla".

Piornos

Vista sobre o Covão Cimeiro e Cântaro Gordo

Na Torre com a barba por (des)fazer

Garganta da Loriga
(Estava tanto vento na descida que até os postes estavam deitados)
(Fotos com o telemóvel.....é melhor descer mais devagar....)

Quem distingue o monte lá ao fundo? Srª das Necessidades e o Monte Colcurinho

Lagoa Comprida

O duro e chato atalho a subir do Sabugueiro para o Vale do Rossim

Até que enfim estrada "boa"

A caminho do Mondeguinho

O do costume. ATENÇÃO: Isto é só metade da sandes, a outra parte já era...

O Powerade natural, na nascente do Rio Mondego.

Passagem nas Penhas Douradas

Descida para Manteigas

Depois do abastecimento desci a Manteigas e cerca das 14:30 já eu estava a passar o Covão d'Ametade a caminho da "2ª Torre".

Manteigas city

Vale glaciar do Rio Zêzere

A avistar os Cântaros

Mais Powerade natural, desta vez numa linha de agua afluente do Rio Zêzere.

Estava tudo dentro do tempo para o plano original, mas eis que mando um sms ao Miguel a perguntar se à noite eu ia de carro ou de mota para a Guarda. Ele respondeu de carro, mas ao mesmo tempo desafiava-me para ir até Linhares fazer um daqueles voos de fim de tarde "à Linhares da Beira". Não hesitei! O x3 fica para a outro dia. O corpo com esta volta já tinha levado coça, não tão grande como a planeada, mas que ainda deu 90 Kms e 3000 metros de desnível vencidos.

Dos Piornos desci à Covilhã e tratei do fim da tarde em Linhares da Beira com 45 minutos de voo, calmo, relaxado, como há muito tempo já tinha saudades.

Barragem do Viriato

Aqui ficam algumas imagens desse fim de tarde. Em resumo um dia muito bem aproveitado, com uma volta de bicicleta pela Serra da Estrela e um voo calmo e bem relaxado também na nossa Serra da Estrela...

 

4 comentários:

Abreu disse...

Só mesmo tu...

Grande Abraço


Abreu

antonio disse...

http://www.classicaserradaestrela.blogspot.com/

Tiaguss disse...

Companheiro Abreu, a próxima é Montalegre? :) Abraço

Pedro Ferrão Patrício disse...

Caramba, e não conseguiste fazer um pedacinho de escalada?! assim desiludes-nos :)