domingo, fevereiro 04, 2007

Se todas as semanas fossem assim ...

Depois da noctura citadina de terça-feira (alone, porque o Koelhone se atrasou num cliente) e da nocturna de quinta-feira (já com o $%&&%poias de mierdia) pela Rasa, Quinta da Maunça, Alvendre, Barrocal e Torre de Menagem da Guarda, eis que chega o fim de semana.

Já à algum tempo que andava a pensar compilar os percursos do costume que normalmente fazemos aqui à volta da cidade da Guarda.
Sábado foi o primeiro. O Vicente apareceu às 15:00 à minha porta e lá saímos nós para dar uma volta sem paragens, sem fotos, de forma a fazer render o resto da tarde. Saímos do Bairro do Pinheiro em direcção aos Galegos, Sequeira, Outeiro de São Miguel, Quinta da Maunça, João Bravo, Ribeira de Massueime, curva do Alvendre (IP5), Alvendre, Barrocal, Cubo, Maçainhas, Hospital, Lameirinhas e acabamos com as subidas na Torre de menagem (chama-se a isto colocar a cereja em cima do bolo). Depois do ponto mais alto da Guarda (1056 m) só há que descer cada um para sua casa. Foram 35 Kms em pouco mais de duas horitas.

Altimetria:
Percurso:

No domingo o ponto de encontro estava marcado para as 8:30 na rotunda da central de camionagem para ir pedalar com o pessoal da câmara. O João Luís ficou doente e não apareceu. Daquela malta apareceram três e juntaram-se a eles eu e o Vicente, o Mané e mais três colegas dele.
Pensava eu que ia marcar o segundo trilho, mas as pilhas do gps tramaram-me. O percurso rendeu quase 50 Kms, bem durinhos. Depois da saída da central de camionagem, passamos pelo IPG, torres eólicas, Tintinolho (passamos no monte lado a Oeste do Barrocal), seguiu-se o Alvendre e logo atravessámos a Ribeira de Massueime e subimos em direcção ao João Bravo. Daqui seguiu-se a Sequeira, Pessolta, Plataforma Logística, Monte Barro, Galegos e como ainda tínhamos tempo, lá fomos os 4 resistentes da volta (eu, Mané, Vicente e David) picar o ponto (colocar a cereja em cima do bolo) à Torre de Menagem. Para lá fomos em direcção em Nerga, Bairro da Luz, Bairro da Caixa, Torre dos Ferreiros e finalmente Torre de Menagem.
Pena não haver fotos, mas como é aqui à volta mais oportunidades não vão faltar. Hoje o dia também estava nublado e ainda apanhamos alguns períodos de chuva.
Grande fim de semana com duas voltinhas fabulosas. A minha Lolita já precisa de uma banhoca, vamos lá ver se há tempo amanhã.

Aqui está ela ... parece uma mota.
(Apesar do aspecto, rendi-me à utilização dos guarda-lamas,principalmente à frente.)

4 comentários:

todos juntos disse...

mas que treta tu meteste na bike, tens medo de te sujar ou quê??
o que é que aconteceu ao sr.radical? ai..ai que fz nodóa..maricas!!!

Tiaguss disse...

Sr. todos juntos

Começo por dizer que não há, nem nunca houve nenhum radical por estas bandas ....
A treta que meti na bike (à frente) é para gajos que quando chove .... andam de bicicleta e ..... descem sempre a dar gazonete. :) (Pelo menos até agora)

davtab disse...

ò carvalhosa o sr. todos juntos é da minha pessoa que trabalha ao pé do reles da pré-facturação. deves pensar que a bike é algum 4x4 não!! olhá la já agora compra tb umas galochas para não molhares o pezinho....ai ai ai ai

Tiaguss disse...

Eu sei bem que és tu!! Tu deves é pensar que és o novo Fernando Pessoa, tantos heterónimos ....
Por acaso até ando com umas galochas para não molhar a meia (pus o pé) ...
Se alguma vez te apanhar com umas ....:)

Já chega de reticências ...